A influência do bilinguismo na aprendizagem de uma língua estrangeira

Sabrina Gewehr Borella

Resumo


Neste trabalho é discutida a influência do bilinguismo na aprendizagem de uma língua estrangeira. Com o objetivo de diminuir os preconceitos existentes com falantes bilíngues de línguas minoritárias, como, por exemplo, falantes bilíngues hunsriqueano-português, o presente artigo enfatiza que os benefícios trazidos por tais falantes na aprendizagem de uma língua estrangeira são maiores do que os ‘malefícios’ acreditados pela população em geral. Para tanto, são feitas reflexões acerca do funcionamento das transferências linguísticas, encontradas também em alunos monolíngues, seguidas de outras relativas aos caminhos para a diminuição de tais transferências e, por fim, de exemplos que apontam os benefícios advindos com o bilinguismo, seja ele de falantes de línguas minoritárias ou majoritárias, no que diz respeito à aprendizagem de uma língua estrangeira.


Palavras-chave


Bilinguismo; Transferências interlinguísticas; Aprendizagem de uma língua estrangeira.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


EntreVer, ISSN 2237-6674, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.