Inovação tecnológica e comunicação em saúde: a web rádio como ferramenta pedagógica para jovens escolares

Autores

  • Ana Jéssica Silveira Rios Universidade Estadual Vale do Acaraú-UEVA
  • Ana Osmarina Quariguasi Magalhães Frota Universidade Estadual Vale do Acaraú-UEVA
  • Ianna Oliveira Sousa Universidade Estadual Vale do Acaraú-UEVA
  • Maria Adelane Monteiro da Silva Universidade Estadual Vale do Acaraú (UEVA)
  • Raimundo Augusto Martins Torres Docente na Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Palavras-chave:

Comunicação em Saúde. Promoção da Saúde. Prevenção de Doenças. Adolescente.

Resumo

A adolescência trás no cerne fragilidades e vulnerabilidades. Dessa forma, ações de educação em saúde efetuadas através de ferramentas para orientações são necessárias, assim, destacamos as tecnologias de comunicação. Objetivamos descrever a participação de uma escola pública do município de Sobral, Ceará na web rádio Ajir. Trata-se de uma pesquisa descritiva realizada sob a ótica dos protagonistas participantes dos processos de utilização da tecnologia web na escola. Os dados foram coletados a partir de uma entrevista semiestruturada, da observação livre e do diário de campo.  Os mesmos foram analisados e categorizados segundo o referencial da Minayo. A utilização da web reverberou uma experiência benévola para todos os autores envolvidos, principalmente, no que concerne a concretização de práticas de promoção da saúde e prevenção de doenças para a população adolescente.

Biografia do Autor

Ana Jéssica Silveira Rios, Universidade Estadual Vale do Acaraú-UEVA

Enfermeira graduada pela UEVA. Trabalha como enfermerira assitencial no HMBC. Especialista em Gestão da Saúde e Auditória. Especialização em carater de residência em Urgência e Emergência SCMS/INTA em parceria com MS do Brasil.

Ana Osmarina Quariguasi Magalhães Frota, Universidade Estadual Vale do Acaraú-UEVA

Enfermeira graduada pela UEVA. Especialista em Saúde da familia. Especialização em carater de residência em Saúde da família pela Escola de Formação em  Visconde Sabóia/UEVA em parceria com MS do Brasil

Ianna Oliveira Sousa, Universidade Estadual Vale do Acaraú-UEVA

Enfermeira graduada na UFC. Trabalha na Estratégia Saúde da Familia da PMP. Especialista em Caráter de residência multiprofissional em Saúde da Familia; Especialista em Educação para Preceptores do SUS; Especialista em Formação Integrada Multiprofissional em Educação Permanente em Saúde – Educação Permanente em Saúde (EPS em Movimento)

Maria Adelane Monteiro da Silva, Universidade Estadual Vale do Acaraú (UEVA)

Graduada em Enfermagem pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA). Mestrado e Doutoradopela Universidade Federal do Ceará (UFC), doutorado Sanduiche pela Escola Superior de Enfermagem daCidade do Porto e Pós Doutorado pela UFC/ CAPES. Professora adjunta da Universidade Estadual Vale doAcaraú e docente permanente do Mestrado Profissional em Saúde da FamíliaRENASF/FIOCRUZ/UVA e do Mestrado Acadêmico em Saúde da Família UFC. Linhas de Pesquisa: Promoção da Saúde, Atenção eGestão do Cuidado, Gestão e Avaliação dos Serviços de Saúde.Tem experiência na área de Enfermagem,com ênfase em Pré Natal Parto e Puerpério, atuando principalmente nos seguintes temas: Saúde Sexual eReprodutiva e Coordenação de Grupos. 

Raimundo Augusto Martins Torres, Docente na Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Graduação em Enfermagem pela Universidade Estadual do Ceará (1995), mestrado em Enfermagem pela Universidade Federal do Ceará (1999) e doutorado em Educação pela Universidade Federal do Ceará (2009).

Downloads

Publicado

2020-08-10

Edição

Seção

Artigos originais