Aspectos de estresse relacionados ao trabalho em agentes comunitários de saúde no município de Ribeirão Preto/SP

Autores

  • Fernanda Alcantara Mattos Vieira Universidade de São Paulo de Ribeirão Preto
  • Elaine Cristina Minto Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo de Ribeirão Preto - HCFMRP/USP

Palavras-chave:

Agente Comunitário de Saúde, Estresse, Atenção Primária à Saúde.

Resumo

Os Agentes Comunitários de Saúde (ACSs) atuam como um elo entre o saber científico e popular, fazendo uma importante ligação entre a população e a unidade de saúde. Por ocupar um importante papel na vida do indivíduo, e estar ligado ao processo saúde-doença, o trabalho pode ser fonte de estresse. O estresse é quase sempre entendido como algo negativo que ocasiona prejuízo no desempenho global do indivíduo. Os sintomas se diferem de acordo com a seriedade do quadro e com os recursos de enfrentamento. Trata-se de um estudo transversal, exploratório, fundamentado na abordagem de pesquisa qualitativa. Os sujeitos foram 18 ACSs de seis Unidades de Saúde da Família do município de Ribeirão Preto-SP. Os dados foram coletados a partir de entrevista semiestruturada. A análise dos dados evidenciou que as atividades burocráticas e o relacionamento em equipe são as principais fontes estressoras. As estratégias de enfrentamento utilizadas com maior frequência foram as focadas na emoção. Conclui-se que intervenções que auxiliem no manejo do estresse são essenciais para prevenir o adoecimento e auxiliar no bom desempenho do trabalho dos ACSs.

Biografia do Autor

Fernanda Alcantara Mattos Vieira, Universidade de São Paulo de Ribeirão Preto

Psicóloga formada pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro (2014). Especialista em Saúde pelo programa de Residência Multiprofissional em Atenção Integral à Saúde da Universidade de São Paulo - Ribeirão Preto (2017).

Elaine Cristina Minto, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo de Ribeirão Preto - HCFMRP/USP

Possui graduação em Psicologia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1998). Mestrado (2006) em Psicologia pela FFCLRP-USP. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Promoção de Saúde na Comunidade. É psicóloga em Promoção de Saúde na Comunidade do HCFMRUSP, supervisora do Programa de Aprimoramento Profissional em Promoção de Saúde e preceptora da psicologia da Residência Multiprofissional em Saúde do HCFMRPUSP.

Downloads

Publicado

2020-08-10

Edição

Seção

Artigos originais