A Análise de Tendências e da Cultura como uma ferramenta para a Gestão de Marcas

Autores

  • Nelson Pinheiro Gomes Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

Palavras-chave:

Branding, Tendências, Cultura.

Resumo

Os estudos de tendências abordam os comportamentos e os padrões de consumo, de estilo e de gosto numa perspetiva de análise cultural e de mentalidades que ajuda a compreender o consumidor e a delinear estratégias mais informadas e sólidas. Considerando a importância e a dificuldade crescente em compreender, identificar e gerir segmentos e grupos sociais, este artigo sublinha a importância da análise de tendências na construção e gestão de uma marca perante os seus públicos.

Biografia do Autor

Nelson Pinheiro Gomes, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

Prof. Assistente Convidado do Programa de Cultura e Comunicação, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Referências

AAKER, David. Managing Brand Equity. New York: The Free Press, 1991.

ATKIN, Douglas. O Culto das Marcas. Quando os consumidores se tornam verdadeiros crentes. Tradução de Luís Jorge, Lisboa: Tinta da China, 2008.

DAWKINS, Richard. The Selfish Gene. Oxford: Oxford University Press, 2006 [1976].

GLOOR, Peter et al. (2009). “Coolfarming – How Cool People Create Cool Trends”.

Disponível em http://www.ickn.org/documents/edumedia09_coolfarming.pdf. Acesso em 28/04/2012).

HIGHAM, William. The Next Big Thing. London: Kogan Page, 2009.

HOLT, Douglas e Cameron Douglas. Cultural Strategy: using innovative ideologies to build breakthrough brands. Oxford: Oxford University Press, 2010.

KAPFERER, Jean-Noel. [re]inventing the brand. Tradução de Anglia Translations, London: Kogan Page, 2001.

KAPFERER, Jean-Noel. O que vai mudar as marcas. Tradução de Carolina Huang, Porto Alegre: Bookman, 2004.

LIPOVETSKY, Gilles. A Felicidade Paradoxal: Ensaio sobre a sociedade do Hiperconsumo. Traduzido por Patrícia Xavier, Lisboa: Edições 70, 2006.

SOLOMON, Michael. Consumer Behavior. 4ª edição, New Jersey: Prentice Hall, 1999.

RASQUILHA, Luís. Tendências e Gestão da Inovação. Lisboa: Verlag Dashofer, 2011.

VEJLGAARD, Henrik. Anatomy of a Trend. New York: McGraw-Hill, 2008.

WEBSITE SCIENCE OF THE TIME. Disponível em http://www.scienceofthetime.com. Acesso em 06-02-2015

Downloads

Publicado

2015-05-21

Edição

Seção

Artigos