Estratégia interprofissional de qualificação de Agentes Comunitários de Saúde: potencialidades da fonoaudiologia, psicologia e fisioterapia na Atenção Primária à Saúde

Tainá Ribas Mélo, Vanessa de Oliveira Lucchesi, Silmara Souza Lima, Gisele Antoniaconi, Marcos Claudio Signorelli

Resumo


Objetivo: descrever ações interprofissionais de qualificação em saúde realizadas com agentes comunitários de saúde (ACS) por profissionais de fonoaudiologia, psicologia e fisioterapia, inseridos na equipe de trabalho de uma Unidade Básica de Saúde (UBS) da cidade de Paranaguá- PR. Métodos: entre janeiro e julho de 2016 foi conduzida pesquisa-intervenção, por meio de encontros mensais na UBS entre as equipes de ACS e interprofissional, composta por fonoaudióloga, psicóloga e fisioterapeuta. Abordou-se a formação continuada em saúde pelas demandas levantadas por ACS, com exposição do conteúdo e discussão entre o grupo. Resultados: tais encontros favoreceram a discussão de assuntos do cotidiano dos ACS, que devido à sua pouca formação, não eram bem esclarecidos. As principais categorias que emergiram foram: 1) dúvidas sobre atuação da equipe interdisciplinar na atenção básica, sobre a diferença entre os setores da saúde e como lidar com situações de indivíduos com necessidades de avaliações específicas de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Psicologia; 2) demandas sobre o preenchimento da ficha de cadastro individual, mais especificamente de itens como: nome social, identidade de gênero, orientação sexual e tipos de deficiência. Conclusão: práticas de formação coletivas em saúde foram favorecidas por meio de encontros interprofissionais direcionados ao intercâmbio de saberes relacionados a estrutura e funcionamento da atenção primária à saúde.

Texto completo:

PDF


Saúde & Transformação Social/Health & Social Change, ISSN 2178-7085, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.