A Fisioterapia nos Núcleos de Apoio à Saúde da Família: Discussão sobre Ações de Apoio Assistencial, Matricial, Institucional e Comunitário

Gisele Maria Melo Soares Arruda, Pedro Renan Santos de Oliveira, Maria Iracema Capistrano Bezerra, Raimunda Hermelinda Maia Macena

Resumo


A inserção efetiva da Fisioterapia na Estratégia Saúde da Família aconteceu pelos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF). Estes propõem uma atuação organizada na perspectiva do apoio e voltada prioritariamente para a promoção da saúde e garantia do cuidado integral; Entretanto, ainda existe uma lacuna na literatura sobre a organização prática e cotidiana do processo de trabalho da Fisioterapia nos NASF. Este trabalho relata a experiência de uma fisioterapeuta residente em Saúde da Família descrevendo, quantitativa e qualitativamente, as atividades desenvolvidas e analisando as possibilidades de atuação e inserção do fisioterapeuta no NASF. Trata-se de um estudo descritivo que aborda as experiências vivenciadas entre março de 2011 e março de 2013 em Fortaleza-CE. As informações foram coletadas dos consolidados de atividades e diário de campo; e organizadas e analisadas a partir do referencial teórico sobre o apoio e da normatização da atuação do NASF. Foram desenvolvidas ações de apoio assistencial, matricial, institucional e comunitário. As quatro dimensões de apoio são discutidas e exemplificadas com o objetivo de consolidar possibilidades de atuação da Fisioterapia no NASF. A caracterização do trabalho da Fisioterapia na Residência revela que a categoria na estratégia NASF deve ir além da reabilitação, recriar seu modelo de cuidado e atuar em equipe, sob a lógica do apoio e numa abordagem generalista.


Palavras-chave


Saúde da Família, Fisioterapia, Internato e Residência, Atenção Primária a Saúde

Texto completo:

PDF


Saúde & Transformação Social/Health & Social Change, ISSN 2178-7085, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.