Modelo de dinâmica de sistemas para emissão de alertas de desastres naturais - um estudo de caso

Autores

  • Glayse Ferreira Perroni Silva Instituto Tecnológico da Aeronáutica - ITA
  • Mischel Carmen Neyra Belderrain ITA - Instituto Tecnológico de Aeronáutica
  • João Pedro Pinheiro Malere

Palavras-chave:

Dinâmica de Sistemas, Emissão de Alertas, Desastres Naturais.

Resumo

Este artigo tem por objetivo, por meio da modelagem de Dinâmica de Sistemas, entender a complexidade do processo de emissão de alertas de desastres naturais. Além disto, busca identificar os pontos mais efetivos de intervenção para reduzir o número de alertas falsos ou vazios, com aplicação a um estudo de caso. Os resultados encontrados mostraram que a Dinâmica de Sistemas é uma abordagem também apropriada para explorar os pressupostos cognitivos e comportamentais que influenciam a eficácia do alerta.

Biografia do Autor

Glayse Ferreira Perroni Silva, Instituto Tecnológico da Aeronáutica - ITA

Aluna especial de doutorado do programa de Pós-Graduação em Pesquisa Operacional do ITA-UNIFESP. Formada em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Itajubá. Atua como Analista em Ciência e Tecnologia no Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais.

Mischel Carmen Neyra Belderrain, ITA - Instituto Tecnológico de Aeronáutica

Professora Titular do Instituto Tecnológico de Aeronáutica, Divisão de Engenharia Mecânica-Aeronáutica, Departamento de Organização. Bolsista em Produtividade Pesquisa 2. Possui Doutorado em Engenharia Aeronáutica e Mecânica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica. Mestrado em Engenharia de Sistemas e Computação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro COPPE/UFRJ. Graduação em Investigación Operativa - Universidad Nacional Mayor de San Marcos, Lima, Peru. Consultor ad-hoc da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - FAPESP, CAPES e CNPq. 

João Pedro Pinheiro Malere

Possui graduação em Engenharia de Controle e Automação pela Universidade Estadual de Campinas (2005) e mestrado em Engenharia Aeronáutica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (2007). Atualmente é engenheiro de desenvolvimento da EMBRAER.

Referências

ALTAY, Nezih; GREEN, Walter G. OR/MS Research in Disaster Operations Management. European Journal of Operational Research, v. 175, p.475-493, 2006.

GALINDO, Gina; BATTA, Rajan. Review of Recent Developments in OR/MS Research in Disaster Operations Management. European Journal of Operational Research, v. 230, p.201-211, 2013.

GILLESPIE, David F.; ROBARDS, Karen Joseph; CHO, Sungsook. Designing Safe Systems: Using System Dynamics to Understand Complexity. Natural Hazards Review, v. 5, n. 2, p. 82–88, 2004.

KOBYAMA, Masato et al. Prevenção de Desastres Naturais: Conceitos Básicos. 1. ed. Florianópolis: Organic Trading, 2006.

LETTIERI, Emanuele; MASELLA, Cristina; RADAELLI, Giovanni. 2009. Disaster Management: Findings from a Systematic Review. Disaster Prevention and Management, v. 18, n. 2, p. 117-136, 2009.

MEADOWS, Donella H. Thinking in Systems: A Primer. London: Earthscan, 2008.

NAÇÕES UNIDAS NO BRASIL - ONUBR. Disponível em: <https://nacoesunidas.org/fenomenos-naturais-deslocaram-192-milhoes-de-pessoas-em-2015-alerta-escritorio-da-onu/>. Acesso em: 04 jun. 2016.

NEAL, David M. Reconsidering the phases of disaster. International Journal of Mass Emergencies and Disasters, v. 15, n. 2, p. 239-264, 1997.

NETO, Sílvio Luís Rafaeli. Um modelo Conceitual de Sistema de Apoio à Decisão Espacial para Gestão de Desastres por Inundações. 2000. 208 f. Tese (Doutorado em Engenharia) – Escola Politécnica, Universidade de São Paulo, São Paulo.

RODRIGUEZ-ULLOA, Ricardo; PAUCAR-CACERES, Alberto. Soft System Dynamics Methodology (SSDM): A combination of Soft Systems Methodology (SSM) and System Dynamics (SD). Systemic Practice and Action Research, v. 18, n. 3, p.303-334, 2005.

STERMAN, John D. Business Dynamics: Systems Thinking and Modeling for a Complex World. 1. ed. McGraw-Hill, 2000.

THE UNITED NATIONS OFFICE FOR DISASTER RISK REDUCTION - UNISDR. Terminology: basic terms of disaster risk reduction, International Strategy for Disaster Reduction Secretariat, Geneva, 2009. Disponível em: <http://goo.gl/UT0P5W>. Acesso em: 06 jun. 2016.

Downloads

Publicado

2017-12-31

Edição

Seção

Artigos