Análise preliminar da resistência à compressão de tijolos ecológicos fabricados no município de Ipaba

Autores

  • Thiago Augusto Corrêa Souza Centro Universitário do Leste de Minas Gerias - UNILESTEMG
  • Grécia Aparecida Nunes Centro Universitário do Leste de Minas Gerias - UNILESTEMG
  • Juzelma Marinques Soares Centro Universitário do Leste de Minas Gerias - UNILESTEMG
  • Marluce Teixeira Andrade Queiroz Centro Universitário do Leste de Minas Gerias - UNILESTEMG

Palavras-chave:

Tijolo Ecológico, Resistência à Compressão, Medidas Corretivas, Sustentabilidade Ambiental

Resumo

Considerando a necessidade da construção de moradias que sejam capazes de atender aos requisitos de segurança, proteção ambiental e baixo custo, implementou-se estudo para verificar as características físico-químicas dos tijolos de terra crua (tijolos ecológicos) produzidos por uma empresa sediada em Ipaba, Minas Gerais. A empresa de pequeno porte utilizava mão de obra carcerária contribuindo para a reinserção daquelas pessoas no convívio social e no mercado de trabalho. Aplicou-se como parâmetro a resistência à compressão, sendo os ensaios sistematizados conforme os procedimentos exarados na Norma Brasileira, NBR 8492/1984, para o capeamento não colado. Os resultados foram comparados com os valores estabelecidos como satisfatórios pela NBR 8491/1984. Constatou-se não conformidades que denotavam situação de grave e iminente risco para a população, tornando inviável a comercialização do tijolo ecológico. Foram indicadas as principais medidas corretivas relativas à confecção dos tijolos ecológicos visando garantir a qualidade do produto final e manutenção do processo produtivo. Entende-se a relevância deste estudo frente as necessidades de desenvolvimento de ações capazes de contribuir para a sustentabilidade do planeta. 10.13084/2175-8018.v03n05a04 

Downloads

Publicado

2011-07-21

Edição

Seção

Artigos