Uma análise da satisfação dos consumidores da feira de economia solidária de Santa Maria

Autores

  • Leoni Pentiado Godoy
  • Jonathan Mendes Ferreira
  • Silvana Gonçalves de Almeida
  • Taís Pentiado Godoy
  • Mario Luiz Santos Evangelista

Palavras-chave:

Qualidade. Economia solidária. Trabalho e renda.

Resumo

As feiras de economia solidária se destacam cada vez mais no setor econômico mundial. O grande desafio é oferecer produtos e serviços com qualidade aos consumidores, que se tornam mais exigentes e críticos. Este trabalho tem como objetivo avaliar a qualidade dos produtos e serviços oferecidos pela feira de economia solidária de Santa Maria, RS, bem como identificar as variáveis das dimensões da qualidade que superam as expectativas dos clientes e aquelas que deixam a desejar. Para a coleta de dados foi elaborado um questionário adaptado do modelo SERVQUAL, para mensurar a satisfação dos consumidores, no qual avaliam as dimensões de qualidade: aspectos físicos, confiabilidade, responsividade, empatia, credibilidade e acesso, por meio de perguntas fechadas na escala de Likert com 5 classificações. Para análise dos dados utilizou-se o Teste de Wilcoxon e Correlação de Spearman. Os dados foram tratados por meio do Software Statistic 7.0. Os resultaram mostraram que, no geral, a feira de economia solidária de Santa Maria apresenta resultados satisfatórios na percepção e expectativa dos consumidores, porém apresentando oportunidades de melhoria.   10.13084/2175-8018.v02n04a07

Downloads

Publicado

2011-01-07

Edição

Seção

Artigos