Promoção de saúde bucal de adolescentes com deficiência em uma unidade de atenção especializada em Belém-Pará – Relato de experiência.

Nicole Pantoja Santos, Sâmea Silva Tavares, Thainara Queiroz Silveira, Andréia Souza Araújo, Aluísio Celestino Júnior

Resumo


Este trabalho propôs-se realizar cuidados de saúde bucal sob a ótica da Promoção de Saúde em pessoas com deficiência de uma unidade de atenção especializada na cidade de Belém. Trata-se de um relato de experiência, com base em análise bibliográfica e da experiência desenvolvida nas instalações da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Belém com 36 pessoas atendidas na associação. Os pacientes com necessidades especiais continuam sendo um desafio na assistência à saúde, devido a diversos fatores como falta de informação e despreparo para atender este público, dificuldades individuais de autocuidado e em nível macro das políticas públicas setoriais (saúde) e Inter setoriais (educação, moradia, assistência social, etc.). Faz-se necessário uma mudança de comportamento não somente das pessoas com deficiência e seus cuidadores como também de grande parte de profissionais da saúde e dos planejadores e executores das políticas públicas que envolvem estes grupos. Parte dessa mudança envolve o melhor conhecimento dessa realidade como também de estratégias de inclusão que envolvem também aspectos importantes relacionados a saúde bucal.

Palavras-chave


saúde bucal; pessoas com deficiência; profissionais de saúde

Texto completo:

PDF

Referências


.




Saúde & Transformação Social/Health & Social Change, ISSN 2178-7085, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.