Percepção de Adolescentes Sobre Sexualidade e Adolescência em Grupos Focais On-Line e Presencial

Caroline Locks Guedes, Letícia Katiane Martins, Rosa Maria Rodrigues, Solange de Fátima Reis Conterno, Alessandra Crystian Engles dos Reis

Resumo


Adolescentes têm direito a educação em saúde acerca da sexualidade, prática que pode ser mais bem explorada a partir do entendimento de suas concepções sobre adolescência e sexualidade. O objetivo foi revelar a percepção dos adolescentes sobre a vivência de sua sexualidade. Trata-se de pesquisa exploratória sustentada no referencial pedagógico de Paulo Freire, através de grupo focal presencial e on-line, com 72 adolescentes. Procedeu-se a análise de conteúdo na modalidade de análise temática. Identificaram-se as temáticas: percepções e saberes sobre adolescência e sexualidade; percepções sobre o corpo; adolescentes, sexualidade e a sala de aula; perspectivas sociais para os adolescentes resultantes de estereótipos e representações influenciadas pela cultura; senso comum, cultura e tabus; gênero; medo de se expor para a sociedade; percepção das diferenças versus preconceito; percepções sobre infecções sexualmente transmissíveis e gravidez. O grupo focal on-line não foi efetivo para a coleta de dados e educação em saúde. conclui-se que Os adolescentes conhecem métodos contraceptivos e a importância do uso; se motivam quando são envolvidos em atividades que lhes despertem interesse e mobilizem suas diversas percepções. São atentos aos aspectos biológicos e transformações do corpo, mas consideram outros elementos envolvidos na sexualidade.


Palavras-chave


Sexualidade; Adolescente; Educação em Saúde.

Texto completo:

PDF


Saúde & Transformação Social/Health & Social Change, ISSN 2178-7085, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.