Participação social no planejamento e monitoramento de políticas de saúde em municípios do Rio Grande do Sul: um estudo com lideranças comunitárias

Suzane Beatriz Frantz Krug, Guilherme Mocelin, Jamile da Rosa, Morgana Pappen, Anelise Miritz Borges, Maristela Soares de Rezende, Leni Dias Weigelt

Resumo


Como resultante de conquistas democráticas emerge o direito à participação social nas decisões políticas junto ao Sistema Único de Saúde, com o intuito de aproximar as práticas institucionais das realidades da comunidade, foco das ações do sistema. As lideranças comunitárias possuem papel importante frente às decisões relacionadas à comunidade, fortalecendo as ações em saúde, por meio da representatividade nos espaços coletivos. O presente artigo tem o objetivo de analisar a compreensão de lideranças comunitárias quanto à participação social no planejamento e monitoramento de políticas de saúde em municípios do Rio Grande do Sul. Trata-se de um estudo de campo, do tipo estudo de caso, utilizando a abordagem qualitativa cuja coleta de dados foi realizada uma entrevista semiestruturada, analisadas pelo método de Análise de Conteúdo por quatro categorias temáticas Foram entrevistados nove líderes comunitários, de nove municípios da região de abrangência da 13ª Coordenadoria Regional de Saúde, vinculados à 28ª Região de Saúde do Rio Grande do Sul. Os participantes do estudo compreendem que os Conselhos Municipais de Saúde são os espaços adequados para ocorrer interação e atuação comunitária junto às políticas de saúde, porém, apontaram à não participação da comunidade no planejamento e controle das ações de saúde, devido a não compreensão da real importância desses espaços e locais e desconhecimento das influências positivas que possuem nas práticas de saúde. Sob outra ótica, destacaram alguns fatores dificultadores para as práticas participativas neste âmbito, como a baixa divulgação das reuniões e realização destas em locais mais centrais das cidades, não viabilizando, por vezes, a ocorrência de encontros nos espaços rurais e/ou outras possíveis sedes, o que poderia colaborar para uma maior divulgação da proposição dos conselhos e uma maior efetividade das ações.


Palavras-chave


Participação social; Acesso aos Serviços de Saúde; Política de Saúde.

Texto completo:

PDF


Saúde & Transformação Social/Health & Social Change, ISSN 2178-7085, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.