Os Desconfortos da Amamentação na Percepção da Nutriz

Alcimara Benedett, Lucimare Ferraz, Isilia Aparecida da Silva

Resumo


Objetivos: compreender a percepção da nutriz acerca dos desconfortos identificados e expressos por ela na prática da amamentação. Método: trata-se de uma pesquisa qualitativa, baseada na Teoria de Conforto de Kolcaba, na qual se empregou a estratégia do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC) para coleta e organização dos dados. Participaram vinte e quatro nutrizes primíparas, maiores de 18 anos, com 30 e 90 dias pós-parto, que estavam amamentaram seus filhos por pelo menos 30 dias. Resultados: a experiência real de amamentação, embora desejada e valorizada pela nutriz, traz desconfortos que geram sentimentos e sensações que por vezes são contraditórios, levando à reflexão sobre a opção por amamentar. Conclusões: o objetivo e o desejo de amamentar prevalecem, suprimindo os desconfortos de toda ordem vivenciados pela mulher. 


Palavras-chave


Aleitamento Materno; Saúde da Mulher, Comportamento materno. Percepção.

Texto completo:

PDF


Saúde & Transformação Social/Health & Social Change, ISSN 2178-7085, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.