Economia verde e Rio + 20: recortando o desenvolvimento sustentável

Maurício Amazonas

Resumo


Os tempos recentes, especialmente com o ambiente de discussão, reflexão e sentimentos mobilizados pela realização da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (CNUDS), na cidade do rio de Janeiro no mês de Junho de 2012, a Rio+20, assistem a sociedade sendo colocada perante a inusitada, porém esperançosa, ideia de uma Economia Verde, figura parte quimérica, parte esfíngica, parte prometéica, no intuito de que esta sociedade a decifre e, com suas luzes, possa se conduzir a um mundo em que não devore a natureza e a si mesma. Faz-se oportuno uma incursão pelos meandros desta ideia, investigando no contexto histórico, econômico e político que a gestou alguns determinantes de sua consistência e contradições conceituais.

Palavras-chave


Economia Verde; Rio + 20; Desenvolvimento Sustentável.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Rev. NECAT, ISSN 2317-8523, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.