Economia catarinense: crescimento com desigualdades e concentração regional e setorial

Lauro Mattei, Fabiano Rodolfo, Felipe Wolk Teixeira

Resumo


Este ensaio representa a continuidade de um processo de sistematização e análise de informações sobre a economia catarinense que temos desenvolvido nos períodos recentes. Como é do conhecimento de todos, essa não é uma empreitada fácil pelo fato de Santa Catarina apresentar deficiências em termos de estruturas que operem sistematicamente com a produção e disponibilização de dados e informações relevantes e atualizadas. O fio condutor deste trabalho foi analisar o modo como as mudanças que ocorreram recentemente no país se manifestaram e ainda se manifestam sobre a estrutura produtiva e econômica do estado. Para tanto, analisa-se o comportamento dos agregados macroeconômicos para captar os principais impactos das mudanças estruturais em curso, particularmente sobre os setores de atividades econômicas e sobre as mesorregiões geográficas.

Palavras-chave


Economia Catarinense; Agregados Macroeconômicos; Santa Catarina.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Rev. NECAT, ISSN 2317-8523, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.