O psicólogo e o compromisso social no contexto da saúde mental

Cheila Cristina Giotti Pereira

Resumo


O presente estudo relata a experiência do estágio específico, apresentado como requisito
para obtenção do estágio em Psicologia, Saúde e Processos Psicoterapêuticos. O estágio
foi desenvolvido em um Centro de Atenção Psicossocial – CAPS do município de Timbó –
SC no período de agosto/2014 até junho/2015. O CAPS é um local de referência e
tratamento para pessoas que sofrem de transtornos mentais, psicoses, neuroses graves e
necessidades decorrentes do uso prejudicial de álcool e outras drogas, ou seja, o CAPS
tem um papel fundamental na reabilitação e reinserção psicossocial. O estágio baseou-se
em ações da Psicologia na Saúde Mental, em que a importância do psicólogo neste
campo de atuação se expande em diversos aspectos que envolvem a organização do
serviço e principalmente a atuação com os usuários do CAPS, oferecendo acolhimento,
oficinas terapêuticas, psicoterapia em grupo, psicoterapia individual e demais atividades
que contribuem para o desenvolvimento humano e para a potencialização das
capacidades existentes no sujeito, visando o aumento da autonomia e a superação das
dificuldades. Foram evidenciadas fragilidades, como a participação ainda muito pequena,
dos familiares dos usuários do serviço, e potencialidades como a interação interdisciplinar
da equipe multiprofissional. De modo geral, a experiência como estagiária de Psicologia
foi de grande valia, assim como também para usuários e para a equipe do CAPS, onde
todos puderam usufruir das trocas geradas nestes encontros.


Palavras-chave


Centro de Atenção Psicossocial CAPS; Saúde Mental; Psicologia.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Cadernos Brasileiros de Saúde Mental, ISSN 2595-2420, Florianópolis - Santa Catarina, Brasil. Todos os direitos reservados, 2018.