Criações artísticas e narrativas: experiências etnográficas no campo da atenção psicossocial

Thomas Josué Silva Josué Silva

Resumo


 

 

Este artigo trata de uma experiência etnográfica no campo da atenção psicossocial no contexto da desinstitucionalização psiquiátrica no Sul do Brasil. A experiência etnográfica desenvolveu-se por meio de uma etnometodologia constituída por criações artísticas (pinturas e desenhos) de usuários de Saúde Mental que suscitaram a reflexão sob uma perspectiva socioantropológica, dimensões acerca da desinstitucionalização psiquiátrica, medicalização da experiência do sofrimento mental, formas de tratamento em Saúde Mental e biografias. São temas presentes no estudo das narrativas verbais e visuais dos informantes da pesquisa.

Palavras-chave: Etnografia e Saúde Mental. Etnografia e Arte. Criação artística e Saúde Mental.

 

ABSTRACT

 

This article is an ethnographic experience in the field of psychosocial care in the context of psychiatric deinstitutionalization in Brazil. The research has been developed through an iconographic device constituted by ethnomethodology (paintings, drawings and creations of images) of Mental Health users that raised a reflection under a social anthropological perspective, dimensions about psychiatric deinstitutionalization, medicalization of the mental suffering experience, forms of mental health treatment and biographies. These are themes present in the study of verbal and visual narratives made by the survey informants.

Key words: Ethnography and Mental Health. Ethnography and Art. Artistic creation and Mental Health.


Palavras-chave


Etnografia; Saúde mental; Arte; Criação artística; Saúde mental.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Cadernos Brasileiros de Saúde Mental, ISSN 2595-2420, Florianópolis - Santa Catarina, Brasil. Todos os direitos reservados, 2018.