Quem é o dono da voz? Uma experiência radiofônica em um centro de atenção psicossocial infantil

Ediana Ferreira Cereja de Souza, Cristiane Stoever Dacal, Thamires da Silva Souto, Rosemeire Santos Soares, Valter Nunes Sant'Anna

Resumo


Este trabalho relata a experiência de uma Oficina de Rádio no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) II infantil Parelheiros, na cidade de São Paulo, motivada pela temática da sexualidade, desenvolvida a partir da parceria com a Rede de Enfrentamento Contra a Violência e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes da Capela do Socorro e Parelheiros.  Construir esta oficina em um serviço de saúde mental, com crianças e jovens, cujas limitações se referem fortemente a questões relacionadas à fala e a comunicabilidade, tornou a proposta da oficina de rádio desafiadora. Seu desenvolvimento resultou em um dispositivo de reabilitação/atenção psicossocial, que possibilitou a produção de novas linguagens, ressignificação dos discursos e narrativas, bem como estabeleceu nova possibilidade contratual e emancipatória para estes adolescentes. Os encontros eram semanais, com duração de duas horas, coordenados por uma enfermeira, uma psicóloga e um oficineiro.  A escolha foi em descrever o processo da oficina e o efeito desta nos usuários, protagonistas das ações. Trabalhar este processo com os usuários necessitou por parte da equipe técnica recorrentes intervenções no sentido de apoiar o reconhecimento das individualidades e apoiar o grupo na produção de sua identidade enquanto tal. Foi possível perceber a aquisição de novas habilidades pelos adolescentes, mudanças positivas no sentido de marcar sua existência enquanto ser social, sujeitos de direitos, pessoas conscientes de seus desejos. Os protagonistas passaram a perceber o outro de maneira singular, respeitando as características individuais de cada um. 


Palavras-chave


Saúde Mental; Centro de Atenção Psicossocial; Adolescência; Assistência à Saúde Mental; Vulnerabilidade social.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Cadernos Brasileiros de Saúde Mental, ISSN 2595-2420, Florianópolis - Santa Catarina, Brasil. Todos os direitos reservados, 2018.