Caminhos do Cuidado: formação em saúde mental na atenção básica

Odete Messa Torres, Renata Pekelman, Angélica Bomm, Giulia Caruline Lima Costa, Andréia Silveira de Souza, Karina da Rosa Rosa, Luis Carlos Nunes Vieira de Vieira, Juliana de Bittencourt Escobar

Resumo


Apresenta-se o Projeto Caminhos do Cuidado: formação em saúde mental (crack, álcool e outras drogas) para agentes comunitários de saúde (ACS), auxiliares e técnicos de enfermagem (ATEnf) da atenção básica. O projeto insere-se no Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e outras Drogas – “Crack é Possível Vencer” –, articulado pela Casa Civil e monitorado pelo Ministério da Justiça, sob responsabilidade do Ministério da Saúde em parceria com o Grupo Hospitalar Conceição, Rede Colaborativa de Governo da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Fundação Osvaldo Cruz. Teve como meta a formação de 290.197 ACSs e ATEnfs. Propõe-se a promover espaços de Educação Permanente por meio de atividades presenciais e de Educação à Distância mediante o uso de material pedagógico produzido pela equipe nacional, para tutores e alunos, usando metodologias ativas de ensino-aprendizagem em oficinas de formação de orientadores e tutores nas cinco regiões do país, em todos os 27 estados e Distrito Federal. O projeto possui, nacionalmente, as Coordenações Executiva, Pedagógica, Acadêmica, de Infralogística e de Comunicação, assim como Equipes de Coordenação Macrorregionais, Acadêmica, de Comunicação, Educadores e Apoios Pedagógicos. Cada estado possui uma Coordenação Estadual e Apoios Estaduais, articulados em colegiados, com Secretarias Estaduais de Saúde, Escolas de Saúde Pública, Escolas Técnicas do SUS e Secretarias Municipais de Saúde, o que permite a realização de turmas e a participação de seus servidores. Em um ano e meio de execução, o projeto atingiu sua meta, potencializando o debate da saúde mental na atenção básica e fortalecendo as Redes de Atenção Psicossociais.


Palavras-chave


Saúde Mental; Atenção Básica; Redução de Danos; Educação Permanente em Saúde.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Cadernos Brasileiros de Saúde Mental, ISSN 2595-2420, Florianópolis - Santa Catarina, Brasil. Todos os direitos reservados, 2018.