Reflexões sobre a clínica no espaço público

Nina Isabel Soalheiro

Resumo


O artigo apresenta reflexões sobre a clínica no espaço  público, a partir das contribuições do pensamento  foucaultiano e da discussao da pertinência de suas críticas às formas de constituição e validação do saber psiquiátrico. Discute o contexto pós-asilar do projeto contemporâneo da saúde mental para a rede pública, incluindo os limites de uma visão técnico/científica da experiência da loucura, a superação de uma psiquiatria construída sobre o silêncio da palavra do louco e a premissa de uma separação radical entre razão e loucura. Apresenta relatos e fragmentos de narrativas para caracterizar uma clínica pensada para o espaço público, que não seja invasiva, que respeite as inúmeras formas de viver e que se constitua como uma busca compartilhada  de  formas de superação da paralisia do sofrimento.

 


Palavras-chave


Saude Mental;Atenção psicossocial; Reforma Psiquiátrica

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Cadernos Brasileiros de Saúde Mental, ISSN 2595-2420, Florianópolis - Santa Catarina, Brasil. Todos os direitos reservados, 2018.