Reflexões acerca das Contribuições da Psicologia no campo da Saúde Mental e Trabalho

Maria Esther Souza Baibich, Angel Martínez-Hernáez

Resumo


Este trabalho tem como objetivo apresentar algumas reflexões feitas acerca dos vieses históricos e epistemológicos na Psicologia no campo do trabalho e da saúde mental do trabalhador. Discutimos inicialmente a importância e o sen-tido que o trabalho ocupa em nossa sociedade e na subjetivação do sujeito, cuja experiência proporciona vivências de prazer e vivências de sofrimento, ambas embutidas no mesmo ato de trabalhar. Salientamos a necessidade de lançar um olhar crítico sobre o modelo ora psicologista ora reducionista, biolo-gicista, que a psicologia reproduz neste campo ao procurar explicar e compre-ender o processo saúde mental-trabalho, a partir da doença. Apontamos uma urgência de articulação entre as áreas clínica, organizacional, social e do traba-lho para que de forma complementar e ampliada, atenda às demandas e repre-sentações do sujeito total, que sofre e adoece com o trabalho ou a falta dele. Concluímos pela necessidade de ampliar a produção de novos saberes e práti-cas que se tornem efetivamente agentes de transformação nestes campos do trabalho e da saúde mental coletiva do trabalhador.

Palavras-chave


Trabalho; Saúde mental do trabalhador; Psicologia.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Cadernos Brasileiros de Saúde Mental, ISSN 2595-2420, Florianópolis - Santa Catarina, Brasil. Todos os direitos reservados, 2018.