O projeto terapêutico singular na clínica da atenção psicossocial

Tânia Maris Grigolo, Girlane Mayara Peres, Carlos Alberto Garcia Junior, Jeferson Rodrigues

Resumo


Este estudo objetiva refletir e discutir a importância e as características do Projeto Terapêutico Singular (PTS) como um recurso terapêutico no contexto da clínica da atenção psicossocial. Trata-se de uma pesquisa qualitativa na perspectiva teórica da saúde coletiva. Foram realizados Grupos de Discussão (GDs) com os profissionais de três Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) tipo III em um município do nordeste brasileiro. Analisaram-se as falas de profissionais de saúde a partir da identificação de suas funções nos serviços. Os dados foram organizados a partir de três temas: Concepções Terapêuticas, Ferramentas Terapêuticas e a Terapêutica na clínica da atenção psicossocial. Demonstra-se a necessidade de discussão e construção de práticas de atenção psicossocial que sejam mais coletivas e embasadas em relações de contrato capazes de respeitar a singularidade e subjetividade dos sujeitos.


Palavras-chave


Projeto Terapêutico Singular, Saúde Mental; Clínica da Atenção Psicossocial

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Cadernos Brasileiros de Saúde Mental, ISSN 2595-2420, Florianópolis - Santa Catarina, Brasil. Todos os direitos reservados, 2018.