Clínica ampliada: recursos terapêuticos dos centros de atenção psicossocial de um município do norte de Santa Catarina

Camila Pappiani, Tania Maris Grigolo

Resumo


Esta pesquisa teve como objeto de estudo os recursos terapêuticos do técnico de referência (TR) e projeto terapêutico singular (PTS) utilizados na atenção psicossocial para a prática da clinica ampliada, a partir da perspectiva dos profissionais dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) de um município da região norte do estado de Santa Catarina. Esta pesquisa situa-se no âmbito das pesquisas qualitativas e a coleta de dados ocorreu por meio de grupos focais. Os grupos foram realizados nos CAPS II e AD, com o consentimento dos profissionais participantes. Os relatos foram distribuídos em categorias verificando a perspectiva dos profissionais sobre a clínica ampliada, a utilização dos recursos terapêuticos na sua atuação profissional, a utilização do técnico de referência e do projeto terapêutico singular e a avaliação sobre a ampliação do grau de autonomia dos usuários, a partir do trabalho pautado na clínica ampliada. Os resultados da pesquisa destacaram que os profissionais presentes no grupo focal realizado no CAPS II demonstraram conhecimento do tema, e apropriação de recursos da clínica ampliada como o matriciamento, atividades terapêuticas alternativas às tradicionais e enfatizaram a ampliação da autonomia dos usuários como objetivo de suas atividades. No CAPS ad os profissionais demonstraram dúvidas sobre a clínica ampliada e seus recursos, porém, atuam com técnico de referencia e utilizam o recurso do projeto terapêutico singular.


Palavras-chave


Saúde Mental; Atenção psicossocial; SUS; Reforma psiquiátrica.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Cadernos Brasileiros de Saúde Mental, ISSN 2595-2420, Florianópolis - Santa Catarina, Brasil. Todos os direitos reservados, 2018.