Percepções e atitudes das pessoas em sofrimento psíquico frente à hipertensão arterial

Maria Siqueira de Castro Teixeira, Rita Neuma Dantas Cavalcante de Abreu

Resumo


Objetivou-se identificar as percepções das pessoas em sofrimento psíquico sobre hipertensão arterial. Trata-se de um estudo do tipo descritivo, de natureza predominantemente qualitativa, desenvolvido em um hospital de Saúde Mental da Secretaria de Saúde do Estado do Ceará. A amostra constitui-se de quatorze pessoas hipertensas. Para coleta de dados, aplicou-se os passos do modelo (observação-participação e reflexão) da Leininger. As observações foram registradas em diário de campo e em formulário com perguntas abertas. A coleta de dados deu-se de abril de 2007 à setembro de 2008. Algumas pessoas referiram que controlam a doença com o uso das medicações anti-hipertensivas e auxílio da medicina popular. Foi realizada, após entrevista, atividade de educação

Palavras-chave


Saúde Mental; Hipertensão; Educação em Saúde.

Texto completo:

PDF-A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Cadernos Brasileiros de Saúde Mental, ISSN 2595-2420, Florianópolis - Santa Catarina, Brasil. Todos os direitos reservados, 2018.