Política e empoderamento de usuários e familiares no contexto brasileiro do movimento pela reforma psiquiátrica/ Politics and empowerment of users and family in the brazilian context for psychiatric reform

Nina Isabel Soalheiro

Resumo


O artigo tem como objetivo fazer uma contextualização histórica do movimento social de usuários e familiares no campo mais geral do movimento pela reforma psiquiátrica brasileira, tomando como eixo o conceito de empoderamento, suas estratégias e complexidades. Discute o protagonismo de usuários e familiares, seu pensamento político, sua agenda de defesa de direitos. Com isso, pretende trazer questões e reflexões sobre a política como uma construção de sujeitos e coletivos comprometidos com a transformação social.

ABSTRACT This article aims to make a historical overview of the social movement of users and their families in the more general field of brazilian psychiatric reform movement, taking as axis the concept of empowerment, their strategies and complexities. It discusses the role of users and family, their political thoughts and rights defense agenda. With that, it aims to bring questions and reflections about the policy as a construction of individual agents and collectives committed to social change.

KEYWORDS: Psychiatric Reform; Mental Health; Social movement.


Palavras-chave


Reforma Psiquiátrica; Saúde Mental; Movimento Social.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Cadernos Brasileiros de Saúde Mental, ISSN 2595-2420, Florianópolis - Santa Catarina, Brasil. Todos os direitos reservados, 2018.