CAPS i: avanços e desafios após uma década de funcionamento

Igho Leonardo do Nascimento Carvalho

Resumo


A saúde mental infanto-juvenil no Brasil tem como principal estratégia o Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil (Caps i), que representa a efetivação dos princípios da Reforma Psiquiátrica. Após uma década da implantação do Caps i (2002-2012), é possível abordar os avanços e desafios assistenciais dessa instituição por meio da divisão em: intramuro e extramuro. O estudo possui natureza crítico-reflexivo, em que se realizou levantamento sobre a produção científica relacionada ao Caps i nesse período. Apresentou como resultado um esquema que delinea o Caps i Intramuro e o Caps i Extramuro. Concluindo-se que o Caps i ratifica sua importância como um serviço inovador e promotor de relevante cuidado à saúde de crianças e adolescentes com transtornos mentais.


Palavras-chave


Saúde Mental; Crianças; Adolescentes; Reforma Psiquiátrica; Caps i.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Cadernos Brasileiros de Saúde Mental, ISSN 2595-2420, Florianópolis - Santa Catarina, Brasil. Todos os direitos reservados, 2018.