Atenção à saúde mental no Amazonas, Brasil: um olhar sobre os centros de atenção psicossocial

David Lopes Neto, Henry Walber Dantas Vieira, Adenilda Teixeira Arruda, Hildes do Amparo Delduque Farina

Resumo


Este artigo descreve a organização e as atividades terapêuticas individuais, grupais, familiares e comunitárias desenvolvidas em Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) do Estado do Amazonas. É uma Pesquisa qualitativa, realizada no período de janeiro de 2006 a dezembro de 2007. Foram entrevistados gestores, profissionais de saúde e usuários dos CAPS. A técnica de pesquisa utilizada foi à análise de Conteúdo de Bardin. Os resultados demonstram que os CAPS na rede de atenção à saúde mental no Amazonas têm características do tipo II e III, com equipe técnica mínima. No estudo foram narradas como fragilidades a escassez de recursos financeiros, materiais e humanos. Os achados refletem a fragilidade da organização da rede e que as atividades terapêuticas têm se configurado como um lugar de convivência e eixo articulador de parcerias entre os CAPS e os outros atores sociais da comunidade.

Palavras-chave


Saúde mental; Serviços de saúde mental; Serviços básicos de saúde; Serviços comunitários de saúde mental

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Cadernos Brasileiros de Saúde Mental, ISSN 2595-2420, Florianópolis - Santa Catarina, Brasil. Todos os direitos reservados, 2018.