ELEMENTOS CRÍTICOS PARA UM MODELO DE GESTÃO DO CONHECIMENTO: UM OLHAR SOBRE A FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ

Elaine Lucia da Silva, Paula Xavier dos Santos

Resumo


Objetivo: Propor elementos críticos para as etapas de um modelo de Gestão do Conhecimento em instituições públicas de ciência, tecnologia e inovação em Saúde, a partir do contexto da Fundação Oswaldo Cruz, de maneira que ajude a enfrentar novos desafios, melhorar processos, produtos e serviços públicos beneficiando também a sociedade

Design/Metodologia/Abordagem: O método de pesquisa definido para este estudo foi a pesquisa de campo qualitativa. Em relação à sua natureza, a pesquisa é aplicada, pois objetiva gerar conhecimentos para solução de problemas específicos na Fiocruz.

Resultados: A pesquisa trás elementos críticos de um modelo de Gestão de Conhecimento para uma instituição pública brasileira de ciência, tecnologia e inovação em saúde; este estudo apresenta os aspectos prioritários para a implementação na Instituição, como governança, macroprocessos, direcionadores e etapas de implementação de gestão do conhecimento.

Originalidade/valor: A contribuição deste trabalho é a proposição de um modelo de Gestão do Conhecimento sistematizado e validado pela alta administração, visando a sua aplicação em instituições públicas de ciência, tecnologia e inovação em saúde, priorizando as características da Norma ISO 30.401:2018.

 


Palavras-chave


gestão do conhecimento. modelos de gestão do conhecimento. inovação organizacional. gestão do conhecimento para pesquisa em saúde. ISO 30401:2018

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Scholar Scholar Livre