Metodologia para diagnosticar e avaliar a capacidade de crescer e inovar das pequenas e médias empresas

Leonardo Leocádio Coelho de Souza, Rayanne Ribeiro de Holanda, Evandro Cardoso da Costa, Jaqueline Rossato

Resumo


A revisão analítica da metodologia Aprender a Crescer permitiu desenvolver um estudo com foco na identificação das práticas da gestão do conhecimento, que possibilita melhorar as capacidades inovadoras das Pequenas e Médias Empresas (PMEs) brasileiras. Trata-se, portanto, de um estudo de cunho exploratório e descritivo, com abordagem qualitativa, que possibilita a compreensão de quais práticas da gestão do conhecimento, combinadas com a metodologia Aprender a Crescer, potencializam a capacidade de inovação e crescimento das PMEs. Os resultados desse estudo foram apresentados inicialmente no Congresso Internacional de Conhecimento e Inovação – CIKI 2013, onde recebeu críticas e contribuições, que foram analisadas e incorporadas ao trabalho. Ficou evidente a necessidade de aproximar ainda mais a metodologia proposta inicialmente à linguagem do pequeno empresário. Para isso, este artigo objetiva reescrever a metodologia que permite diagnosticar e avaliar a capacidade de crescimento e inovação das PMEs que, de maneira complementar, combina a metodologia Aprender a Crescer com as práticas da gestão do conhecimento, levando em consideração a realidade do pequeno empresário brasileiro. Como principal contribuição deste trabalho está a possibilidade de avaliar a capacidade de crescer e inovar das PMEs, através de uma metodologia ainda mais orientada para a realidade do pequeno empresário brasileiro.


Palavras-chave


Práticas da gestão do conhecimento; Inovação; Pequenas e médias empresas; Vantagem competitiva; Aprender a crescer.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Scholar Scholar Livre