Indicadores de balneabilidade: a situação brasileira e as recomendações da world health organizarion.

Carlos Henrique Berg, Mary Jeruza Guercio, Vânia Ribas Ulbricht

Resumo


Os problemas ambientais vêm ganhando espaço nas discussões da sociedade devido a sua importância e seus resultados. Este ensaio, por ser pertinente às questões ambientais e de saúde pública, traz consigo um tema importante para o uso da água como recreação e lazer. Este trabalho tem como objetivo fazer uma comparação entre os indicadores de balneabilidade das resoluções do Conselho Nacional do Meio Ambiente – CONAMA 20/86 e 274/00 e das Linhas Guia para Ambientes de Águas Recreacionais Seguras da World Health Organization (WHO, 2003). Desta forma esse estudo exploratório, com abordagem quantitativa, procurou levantar os indicadores de balneabilidade que permitiram comparar a diferença entre parâmetros brasileiros e internacionais. Com base nos resultados, verificou-se a tolerância brasileira para com tais indicadores, a defasagem cronológica das resoluções brasileiras e uma necessidade de atualização do CONAMA para os indicadores de balneabilidade.

Palavras-chave


Indicadores de Sustentabilidade. Saúde Pública. Balneabilidade. Conselho Nacional do Meio Ambiente – CONAMA. World Health Organization – WHO

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Scholar Scholar Livre