Mensuração do custo financeiro do estoque de matérias-primas de pequena fábrica

Rodney Wernke, Camila Cancelier Vargas

Resumo


Aborda a gestão de estoques de matérias-primas, do ponto de vista financeiro, em indústria de pequeno porte. Pretendeu-se responder questão sobre como demonstrar ao gestor o impacto negativo de manter estoques em níveis inadequados na empresa em tela. Nessa direção, o objetivo principal foi propor relatórios adaptados ao contexto dessa fábrica que permitissem gerenciar seus estoques de forma a aprimorar o desempenho da companhia. Para essa finalidade foi determinado o prazo de estocagem das matérias-primas mantidas em estoque; apurado o valor total estocado (em R$) por insumo e por grupo de itens; dimensionado o montante de recursos que a empresa arcava (em R$) a título de “custo financeiro” com os níveis de estoques que eram mantidos por ocasião do período estudado; calculado o valor total do estoque excedente (em R$) e o respectivo “custo financeiro”. Em termos de metodologia, utilizou-se a do tipo descritiva, no formato de estudo de caso, com abordagem qualitativa. Quanto aos resultados, os relatórios elaborados identificaram na amostra pesquisada diversos itens com prazos de estocagem altos, como no caso dos produtos “16” (237,60 dias), “30” (528,00 dias) e “31” (376,44 dias). O volume estocado e os prazos extensos de estocagem ocasionaram valores monetários (R$) significativos em termos de “custo financeiro” e de estoques excedentes, evidenciados aos gestores da organização nos relatórios gerenciais elaborados. Além disso, foram ressaltadas algumas limitações associadas à pesquisa realizada.


Palavras-chave


Estoque; Custo Financeiro de Estocagem; Pequena Fábrica

Texto completo:

PDF/A

Referências


ANDRADE, M.M. de. Como preparar trabalhos para cursos de pós-graduação: noções práticas. 5ª ed. São Paulo: Atlas, 2002.

ASSAF NETO, A.; LIMA, F.G. Curso de administração financeira. São Paulo: Atlas, 2009.

ASSEF, R. Administração financeira: pequenas e médias empresas. Rio de Janeiro: Campus, 1999.

BRUNI, A. L. A administração de custos, preços e lucro: com aplicações na HP-12C e Excel. São Paulo: Atlas, 2006.

CASAROTTO FILHO, N.; KOPITTKE, B.H. Análise de investimentos: matemática financeira, engenharia econômica, tomada de decisão e estratégia empresarial. São Paulo: Atlas, 1998.

CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE (CFC). Resoluções, Ementas e Normas do CFC. Disponível em:

DIAS, M.A.P. Administração de materiais: uma abordagem logística. São Paulo: Atlas, 1996.

FARIA, A.C. de; COSTA, M. de F.G. da. Gestão de custos logísticos. São Paulo: Atlas, 2005.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5ª ed. São Paulo: Atlas, 1999.

HEYMANN, H.G.; BLOOM, R. Opportunity cost in finance and accounting. Westport: Quorum Books, 1990.

INERIO, A.L.; SALDANHA, J.R. A gestão de estoques nas empresas. II Seminário de trabalhos científicos em Contabilidade da UNISC – Santa Cruz do Sul. Anais... Porto Alegre: Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul, 2001.

IUDÍCIBUS, S.; MARTINS, E.; GELBCKE, E.R.; SANTOS, A. dos. Manual de contabilidade societária: aplicável a todas as sociedades, de acordo com as normas internacionais e do CPC. São Paulo: Atlas, 2010.

JUNIOR, A.M. Análise de métodos de previsão de demanda baseados em séries temporais em uma empresa do setor de perfumes e cosméticos. 2007. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção e Sistemas), Programa de pós-graduação em Engenharia de Produção e Sistemas. PUC, Curitiba, 2007.

LEMES JÚNIOR, A.B.; CHEROBIM, A.P.; RIGO, C.M. Administração financeira: princípios, fundamentos e práticas brasileiras. Rio de Janeiro: Campus, 2002.

LOPO, A.; BRITO, L.; SILVA, P. R. da; MARTINS, E. Custo de oportunidade, custo de capital, juros sobre o capital próprio, EVA e MVA. In: MARTINS, Eliseu (org.). Avaliação de empresas: da mensuração contábil à econômica. São Paulo: Atlas, 2001.

LUNKES, R.J. Controle de gestão: estratégico, tático, operacional, interno e de risco. São Paulo: Atlas, 2010.

MARTINS, P.G.; ALT, P.R.C. Administração de materiais e recursos patrimoniais. São Paulo: Saraiva, 2000.

MARTINS, E.; DINIZ, J.A.; MIRANDA, G.J. Análise avançada das demonstrações contábeis: uma abordagem crítica. São Paulo: Atlas, 2012.

MOURAD, N. A.; PARASKEVOPOULOS, A. IFRS: introdução às normas internacionais de contabilidade. 2ª ed., São Paulo: Atlas, 2010.

NEVES, M.A.O. Indicadores de desempenho em logística. Revista Mundo Logística, n. 3, ano 1. Curitiba, mar./abr. 2008.

PINDYCK, R.S.; RUBINFELD, D. L. Microeconomia. 5. ed. São Paulo: Prentice Hall,

PUCCINI, A. de L. Matemática financeira objetiva e aplicada. 7ª ed. São Paulo: Saraiva, 2004.

RICHARDSON, R.J. Pesquisa social: métodos e técnicas. 3ª ed. São Paulo: Atlas, 1999.

RIPOLL, V.M.; BALADA, T.; LUNKES, R.J.; ROSA, F.S. da. Contabilidade de custos. Curitiba: Juruá, 2012.

SANTORO, M.C.; FREIRE, G. Análise comparativa entre modelos de estoque. Revista Produção, v. 18, n.1, p.89-98, jan./abr. de 2008.

SILVA, M.A.; PRADO, R.A.D. do; SILVA, C.H.B. da; MELO, L.A.S.; FIALHO, L.F.N. Gestão de custos e estocagem em empresas do setor varejista de produtos agropecuários: uma análise da prática utilizada face a plataforma teórica. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 17, 2010, Belo Horizonte. Anais... Belo Horizonte: ABC, UFMG, 2010. CD-ROM.

SOARES, A.M. Inventário físico-contábil de estoques. Revista do Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, n. 98, out. 1999.

STAUDT, F.H. Cálculo do estoque de segurança: as suas diferentes abordagens. Revista Mundo Logística, n. 18, ano 3. Curitiba, set./out. 2010.

WANKE, P. Gestão de estoques na cadeia de suprimentos: decisões e modelos quantitativos. 2ª ed. São Paulo: Atlas, 2008.

WERNKE, R. Gestão de custos no comércio varejista. Curitiba: Juruá, 2010.

WERNKE, R. Gestão financeira: ênfase em aplicações e casos nacionais. São Paulo: Saraiva, 2008.