Gerenciamento de projetos: na ótica das melhores práticas do Stage-Gate e PMI

Francisco Carlos Cobaito

Resumo


Neste estudo de caso observamos um projeto de tecnologia, sob a lente de duas das mais conceituadas práticas prescritivas de gestão de projetos. O objetivo deste estudo foi investigar a dinâmica do gerenciamento de um projeto de implantação de nota fiscal eletrônica por determinada empresa, utilizando-se de uma metodologia de implantação de projetos construída de forma personalizada por outra empresa de tecnologia da informação, a partir de duas técnicas tradicionais de gerenciamento: o Stage-Gate de Cooper (1990), e a utilizada pelo PMI com referência PMBOK, (2004). Após o estudo, concluiu-se que consagrados modelos prescritivos em gestão de projetos podem ser reconfigurados contingencialmente, adaptando-se a cada tipo de novo projeto. Destacando-se a importância do profissional T.I., como peça chave neste processo, garantindo por meio do correto gerenciamento do projeto o sucesso na implantação.

Palavras-chave


Stage-Gate; PMI; Gestão de projetos.

Texto completo:

PDF/A

Referências


ADAMS, J.R; BARNDT, S.E. Behavioral implications of the project life cycle, In Cleland, Project Management handbook, New York, Van Nostrad Reinhold, 1983

BERS, J.A.; DISMUKES, J.P.; MEHSERLE, D.; ROWE, C. Extending the Stage-Gate Model to Radical Innovation-the Accelerated Radical Innovation Model. Journal of the Knowledge Economy, p. 1-29, 2012.

BRASIL. Nota Fiscal Eletrônica - Lei 14097/05. LEI nº 14.097, São Paulo, 2005. Disponível em: . Acesso em janeiro de 2011.

COOPER, R.G. Formula for success. Marketing Management Magazine, v. 15, n. 2, 2006.

COOPER, R.G. Perspective: The Stage-Gate Idea-to-Launch Process: update, what’s new, and NexGen systems. Journal of Product Innovation Management, v. 25, n. 3, p. 213-232, 2008.

COOPER, R.G. Stage-Gate System: a new tool for managing new products. Business Horizons, v. 33, n. 3, p. 44-54, 1990.

COOPER, R.G.; EDGETT, S.J.; KLEINSCHMIDT, E.J. Optimizing the Stage-Gate Process: What Best Practice Companies are doing - Part Two. Product Development Institute Inc., v. 45, n. 5, p. 1-11, 2002.

CRAWFORD. L. Senior management perceptions of project management competence. International Journal of Project Management, v. 23, p. 7-16, 2005.

GIDO, J; CLEMENTS, J.P. Gestão de Projetos. São Paulo: Thompson Learning, 2007.

GIL, A.C. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 5. ed. São Paulo: Ed. Atlas, 1999.

HÖGMAN, U.; JOHANNESSON, H. Applying stage-gate processes to technology development: experience from six hardware-oriented companies. Journal of Engineering and Technology Management, v. 30, n. 3, p. 264-287, 2013.

KUCZMARSKI, T.D.; SHAPIRO, T. Measuring your return on innovation. Marketing News, v. 30, n. 20, p. 25-31, 1996.

MCHUGH, O.; HOGAN M. Investigating the rationale for adopting an internationally-recognised project management methodology in Ireland: the view of the project manager. International Journal of Project Management, v. 29, n. 5, p. 637-646, 2011.

PMI (2008) – RIO. Disponível em: . Acesso em fevereiro de 2011.

PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE – PMI. A Guide to the Project Management Body of Knowledge. 3ed. Newton Square: Project Management Institute, 2004.

QUEIROZ, M.I.P. Relatos orais: do “indizível” ao “dizível”. In: VON SIMSON, O. M. (org. e intr.). Experimentos com histórias de vida (Itália-Brasil). São Paulo: Vértice, Editora Revista dos Tribunais, Enciclopédia Aberta de Ciências Sociais, v. 5, p. 68-80, 1988.

RABECHINI JR, R.; SABINO, M.S. A implantação da estratégia por meio de projeto: o caso Carandiru. Future Studies Research Journal: Trends and Strategies, v. 4, n. 2, p. 187-216, 2013.

RAUPP, F.M.; BEUREN, I.M. Como elaborar trabalhos monográficos em contabilidade: teoria e prática. São Paulo: Atlas, 2003.

SHENHAR, A.; DVIR, D. Reinventando gerenciamento de projetos: Harvard Business School Press. Tradução R. Brian Taylor: M. Books, 2010.

VERZUTH, E. MBA compacto: Gestão de Projetos. Rio de Janeiro: Editora Campus, 2000.

WITTIG, R. Mega project development: optimising current practices and strategies. In: Conference, University of Wollongong, the Australasian Institute of Mining and Metallurgy, 392-398, 2013.

YIM, R.K. Estudo de caso: planejamento e métodos. Tradução Daniel Grassi. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 2010.