Operadores de caldeira à lenha e carga de trabalho

Eduarda Tirelli Hennig, Mônica Peruchi, Lívia Rodrigues da Rosa, Fernando Gonçalves Amaral

Resumo


Este artigo apresenta o estudo da análise ergonômica do trabalho na operação de caldeira à lenha. O trabalho pesado foi analisado de forma qualitativa e quantitativa, através de documentos, observação direta, entrevistas, avaliações de problemas posturais e medição da freqüência cardíaca. Os resultados mostraram que as lesões musculares e os acidentes de trabalho estão diretamente relacionados com o tempo de trabalho do operador e com a idade do mesmo. Além disso, devido aos movimentos necessários para a realização da atividade, o lado direito é o que apresenta maiores queixas de dores, independentemente da lateralidade do operador. As medições de frequência cardíaca indicaram que o trabalho apresenta carga de regular a alta, conforme as condições físicas do operador. Treinamentos e alterações no posto de trabalho são sugeridos preliminarmente para a melhoria das condições de trabalho.

Palavras-chave


Ergonomia. Carga de Trabalho. Caldeira à lenha.

Texto completo:

PDF